skip to Main Content

O Scaleup Porto. pretende tornar-se um catalisador da criação de um ecossistema de inovação e de uma rede de indivíduos e organizações que partilham a visão de um programa scaleup.

Mais do que uma declaração que apresenta as linhas de ação da estratégia do Porto, o Manifesto ScaleUp Porto é também um contributo da cidade para o movimento ScaleUp For Europe, realçando a importância do envolvimento das cidades no processo de crescimento dos ecossistemas.

scaleup porto logo

ScaleUp Porto. Manifesto

A Europa tem testemunhado uma mudança global significativa no paradigma do empreendedorismo e inovação na última década, refletida na intensa proliferação de programas e outras estruturas de apoio destinados a startups. Estes projetos e programas destinados à fase startup têm sido bem sucedidos, mas as novas empresas dificilmente atingirão uma fase de crescimento somente com o apoio destas estruturas destinadas a uma fase early-stage. Depois de conseguirem assegurar a adaptação da solução ao problema, validarem o seu modelo de negócio e iniciarem o ciclo de investimento, as startups que pretendam chegar a um estado de crescimento sustentável, necessitam de uma nova plataforma de apoio. Com este cenário em mente, e com centenas de empresas prontas a escalar por toda a Europa, os desafios são agora relacionados com o crescimento sustentado destas empresas.

Diversas métricas são usadas para identificar as empresas que se encontram na fase scale-up. No âmbito deste manifesto, como ponto de partida para o desenvolvimento de uma nova ferramenta, é considerada a seguinte definição: “Scaleups são empresas com uma média de crescimento anual em colaboradores (ou volume de negócios) superior a 20 por cento, num período de três anos, considerando que têm 10 ou mais colaboradores no início do período de observação.” Esta definição é utilizada por organizações como a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE), Nesta, Endeavor, entre outros. Num ecossistema de scaleups funcional, dinâmico e sustentável, os empreendedores não se limitam a desenvolver os seus negócios. Partilham o seu sucesso como modelos a seguir, o seu conhecimento como mentores, especialistas ou professores, e os seus ganhos financeiros como investidores nas gerações seguintes de empreendedores.

Isso consolida um ciclo virtuoso em que o ecossistema se melhora a si mesmo. As cidades podem ter um papel único como facilitadores do crescimento das empresas e do desenvolvimento de um ecossistema de inovação próspero, tendo um impacto na economia e na criação de emprego. Assim, visando a criação de ecossistema de empreendedorismo sustentável, onde as cidades podem trabalhar como catalisadores do crescimento das empresas, o Manifesto ScaleUp Porto. compromete-se a:

  • Promover o desenvolvimento local, centrando-se no papel das cidades como agregadores, numa rede Europeia complexa e heterogénea;
  • Apoiar as empresas que estão preparadas para escalar a atingir um desenvolvimento sustentável e crescimento numa economia global;
  • Envolver os cidadãos e capacitá-los para que possam tirar partido do crescimento do ecossistema de inovação, que fornece novas oportunidades de emprego qualificado.
Stand

Stand

Start

Start

Scale

Scale

COMPROMISSOS

A BASE: CONFIANÇA
A BASE: CONFIANÇA

A confiança está na base deste Manifesto e faz parte da sua visão. Todas as partes interessadas têm um papel único no ecossistema e devem contribuir para iniciativas e políticas focadas na inovação, numa perspetiva colaborativa.

FACILITAR O ACESSO A TALENTO
FACILITAR O ACESSO A TALENTO

As Universidades e Politécnicos devem colaborar com parceiros industriais e centros de investigação para, em conjunto, gerarem recursos altamente qualificados. As cidades necessitam de desenvolver medidas que facilitem a criação de emprego combinando oportunidades de formação com padrões de vida elevados, onde as atividades culturais têm um papel importante.

FORMAÇÃO E PARTILHA DE CONHECIMENTO
FORMAÇÃO E PARTILHA DE CONHECIMENTO

Devem ser criados novos programas de aprendizagem para scaleups, em conjunto com os stakeholders, de forma a melhorar as suas capacidades de liderança e gestão. Deve ser promovida a transferência de conhecimento e as oportunidades de mentoria.

FINANCIAMENTO
FINANCIAMENTO

Dado que o financiamento é fundamental para o crescimento das empresas, devem ser desenvolvidas parcerias sólidas neste âmbito, tanto com capitais de risco como com business angels. A criação de uma rede e a implementação de medidas que facilitem o acesso a investidores e financiamento revestem-se de especial importância.

GERAÇÃO DE INFORMAÇÃO
GERAÇÃO DE INFORMAÇÃO

A lacuna scaleup deve ser atenuada com a implementação de um sistema que se destine a reportar assuntos com ela relacionados. Deve ser disponibilizada informação que torne possível aos stakeholders nacionais e internacionais identificar e avaliar o seu apoio às empresas nesta fase.

MEDIÇÃO E APRENDIZAGEM – AUTO-AVALIAÇÃO & BENCHMARK
MEDIÇÃO E APRENDIZAGEM – AUTO-AVALIAÇÃO & BENCHMARK

Apenas se poderá reverter a lacuna scaleup se todos os stakeholders participarem ativamente num processo de monitorização e auto-avaliação. O processo scaleup deve ser monitorizado e deverá existir um grupo de trabalho destinado a estudar continuamente a eficácia das estratégias implementadas.

LIGAR AS EMPRESAS AOS CLIENTES – A CIDADE COMO LABORATÓRIO VIVO
LIGAR AS EMPRESAS AOS CLIENTES – A CIDADE COMO LABORATÓRIO VIVO

As cidades como laboratórios vivos podem tornar-se elos de ligação entre as empresas, os clientes e desafios do dia-a-dia. O desenvolvimento de ferramentas de smart procurement ou contratação inteligente, alinhado com o desenvolvimento de parcerias públicas e privadas, irá promover o aparecimento de produtos ou serviços orientados para a procura.

CRIAÇÃO DE REDES – REDE DE CIDADES SCALEUP
CRIAÇÃO DE REDES – REDE DE CIDADES SCALEUP

O mercado Europeu único não é ainda uma realidade. A criação de redes de cidades irá potenciar o crescimento das empresas. Através da criação e promoção de uma rede nacional e internacional de apoio a empresas, os empreendedores terão acesso facilitado a informação relevante, serão apoiados na criação de reputação e credibilidade e simultaneamente aumentarão as suas vendas nacionais e internacionais.

LIGAÇÃO DOS PLAYERS – A CIDADE COMO HUB CENTRAL
LIGAÇÃO DOS PLAYERS – A CIDADE COMO HUB CENTRAL

Uma abordagem ativa, participativa e colaborativa irá ajudar as empresas a atingir o seu potencial. Governo, autoridades regionais e locais, empresários, educadores, investigadores, investidores, indústria e corporações podem, juntos, criar as condições para o crescimento das empresas.

Porto Start & Scale Guide

Porquê o Porto

As one of the major urban areas in Southern Europe, Porto stands out as a city with strong potential to become a national and international reference in the domains of innovation and entrepreneurship. As sinergias e a redução da fragmentação têm o potencial de ajudar a cidade a tornar-se um centro criativo e inovador. A fase de crescimento merece especial atenção neste contexto.

O Porto criou e adotou estratégias políticas destinadas a promover a implementação de princípios de Smart Cities. A sustentabilidade centrada no cidadão, a eficiência energética, I & D e o crescimento económico são as principais áreas de interesse da cidade.

A implementação desta estratégia adotou uma abordagem interdisciplinar em que os conhecidos pontos fortes da cidade estão alinhados com a excelência do trabalho desenvolvido pela academia. Com o apoio dos parceiros de referência na indústria, a estratégia desenvolvida foi capaz de contribuir para a criação de centenas de empregos qualificados e transformar a cidade num local onde as pessoas, especialmente os jovens empreendedores, se inspiram numa nova cultura de risco e se integram num ecossistema multicultural e internacional. Como um resultado claro desta estratégia, o Porto atrai agora talento, criando novas oportunidades de carreira e desenvolvendo soluções exigidas pelos cidadãos, reduzindo a exclusão social e aumentando a segurança.

O Porto pretende trabalhar como facilitador de inovação. A cidade torna-se um laboratório vivo onde os cidadãos desafiam as empresas, os empreendedores e os investigadores, trabalhando em conjunto para resolver problemas que têm um impacto na vida da cidade, com soluções diferenciadas e com capacidade de replicação.

O Manifesto ScaleUp Porto é lançado como primeiro passo de um programa coordenado, o ScaleUp Porto, que, incluído numa estratégia mais ampla do Município, baseada na inovação e competitividade, pretende promover o emprego, o desenvolvimento económico, a internacionalização e o bem-estar dos cidadãos.

O ScaleUp Porto diferencia-se pelo seu foco no crescimento. As empresas que necessitem deste apoio podem encontrar no Porto uma escolha lógica. A cidade do Porto inicia, através deste manifesto, um compromisso importante para a implementação de um programa scaleup, que poderá ver-se refletido por toda a Europa.

Back To Top